Damien Rice: Um cantor que vai muito além de suas primeiras percepções

 

DR

Conhecido do grande público pelo mega sucesso “The Blower’s Daughter”, tema do filme “Closer”, o cantor Damien Rice vai muito além de suas primeiras percepções. Damien Rice tem o poder de te levar para o quarto e fazer com que você faça reflexões dramáticas sobre relacionamentos frustrados ou simplesmente relacionamentos em potenciais, ao menos unilateralmente. Damien canta de forma tão desesperadora e tão genial que o amor pra ele não é apenas uma tema central, o amor se reveste de tudo aquilo que nós seres humanos sentimos e lamentamos e não sabemos como desfazer dele (enquanto um sentimento vagante entre as nossas incertezas e nossos labirintos existenciais). O amor é um desafio, um jogo de concessões recíprocas, e em Damien Rice temos o que nós somos: um estado psico não preenchido e extremamente não absorvido pela capacidade de criar alternativas quando a pessoa que você supostamente entende ser perfeita pra você simplesmente não pensa o mesmo.

DR2

É complicado você se propor ao discurso do Damien. Na verdade, não há discursos. Há desilusões em todo o canto. Há experiências e incertezas gritantes, mesmo sussurradas no seu ouvido. Há desabafos e uma batalha quase invisível contra e a favor do amor ao mesmo tempo. Só quem ama demais e não é amado na mesma proporção sabe o quanto é sufocante guardar considerações e planos de uma vida a dois sem roteiros e sem se importar com o passar do tempo. O cantor irlandês, além de sua genialidade expressa na sua música folk, é um cara que não aparece muito na mídia e nem precisa dela. Na verdade, ele é o cara que simplesmente faz música. Não é chegado em tirar fotos e dar autógrafos, embora fale com os seus fãs nos finais dos seus shows, como se fosse uma pessoa comum.

DR3

Outros temas são encontrados no trabalho do Damien Rice, como a preocupação ambiental. Sobre a sua discografia, ele tem apenas dois álbuns de estúdio, cada um é uma verdadeira obra prima – “O” lançado em 2002 (Pelo que eu conheço do trabalho dele, o nome do disco foi inspirado no livro “The History Of O”, inclusive o livro é citado na canção “Amie”, do mesmo álbum) e “9” lançado em 2006. O que podemos concluir sobre a extraordinariedade do trabalho desse irlandês é que ele não precisa fingir estar bêbado e compor músicas de dor de cotovelo. Damien Rice é uma referência para muitos songwriters que existem por aí e não sabem o que querem dizer, apenas querem serem reconhecidos e acumular fama, o que é tudo o que o Damien Rice se recusa. Criticado ás vezes, mas amado por milhares por termos a certeza que ele não canta um sofrimento falso. Damien não é banal, porém é agressivo com suas verdades sobre o amor. Nos seus trabalhos costuma ser acompanhado pela artista Lisa Hannigan, o que dá um tom de sofisticação e romantismo nas suas canções.
 
A seguir, cinco canções do artista que você deveria conhecer:
 
01 – I Remember
02. Delicate
03. 9 Crimes
04. Grey Room
05. Cannonball
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s