Em “All American Boy” Steve Grand aposta no amor, na sua capacidade de transformar, de nos revolucionar.

Todo discurso que levanta a bandeira da liberdade é um discurso com personalidade, ainda que em potencial. E, nos dias atuais, falar de liberdade é quase sinônimo de liberdade para amar, de ser quem você realmente é, de se aceitar e de viver a vida se importando de menos e provando para quem quer que seja que o amor é o único sentimento que deve ser tema central de nossas vidas.

E, quando temos a necessidade de levantar discursos para defender o amor, é sinal de que muita coisa ainda precisa ser mudada, tanto na sociedade como em nós mesmos. A grande questão é que muitos de nós ainda não nos damos conta da efemeridade da vida, do tempo contra nós, contra os nossos sonhos, contra o nosso modelo de felicidade.

Há um discurso forte e em favor da liberdade no tão aguardado debut do americano Steve Grand. O álbum intitulado “All American Boy” retrata as faces de um jovem  que quer ser livre , leve e engajador no amor. E ele é.  Em “All American BoySteve Grand aposta no amor, na sua capacidade de transformar, de nos revolucionar.
All American Boy” é muito mais do que demandas de um jovem garoto tentando se posicionar no mundo. O Debut do Steve Grand é em verdade um convite  para sermos livres e bravos, nas melhores e piores situações.

All American Boy

O lado genial desse disco é que Steve Grand não faz da sexualidade um ponto de partida. Mas, ela está lá, mergulhada entre uma e outra canção. É um mergulho natural, como ela deve ser, como o amor é. Claro que o Steve Grand não afirma que há normalidade no amor, pelo contrário, amar é um verdadeiro ato de entrega ao caos. O que é natural no disco é a forma como é conduzida a sexualidade, a afetividade, a certeza de saber do que se gosta.
All American Boy” é um disco de um jovem garoto (gay) que não tem medo de narrar as suas paixões por outros garotos e a sua busca irrenunciável por um amor completo e consistente.
Steve Grand soube levantar a bandeira da liberdade e do amor de uma forma inspiradora e eu diria heroica. Há tanta emoção e tantas perspectivas nesse disco que “All American Boy” é para mim, um disco obrigatório para quem quer viver ou que já vive a sua sexualidade da forma mais genial possível.
Quem já conhece o Steve Grand desde a fase da notoriedade dos seus videoclipes (para as canções All-American Boy, Stay e Back To Califórnia), sabe que ele é um jovem militante e não tem medo de inspirar as pessoas a viverem o amor que elas querem viver.
E é essa a grande temática do disco, levantar a bandeira da liberdade, do amor, sermos jovens, beijar muito na boca (de outros meninos, sendo um) sem se importar, porque quem se importa esquece de si, de viver, de respirar, de ter uma transa inesquecível com aquele cara que você gosta ou simplesmente porque há todo um ambiente favorável a isso.

Musicalmente, “All American Boy” é um disco que flerta com vários gêneros musicais. Originalmente country, o álbum de estreia do Steve Grand tem fortes  influências de rock, como na faixa “Red, White And Blue“, pop como em “We Are The Night“, pop romântico como nas baladas “Time” e ” Back To Califórnia” ou ainda algo mais dance como “Better Off“. Há também a explosiva “All-American Boy“, faixa que teve seu videoclipe viralizado na internet em 2013.

Para aqueles que são amantes de apreciar um disco da primeira a última faixa, “All American Boy” é o disco certo. E para aqueles que não tem medo ou qualquer outro sentimento similar ao beijar meninos, além de escutar o ” All American Boy” na íntegra, deveria adquiri-lo legalmente, porque Steve Grand é muito mais do que um cantor audível, ele é um jovem inspirador, que não mede esforços para descondicionar o amor, o dele, o seu, o meu, o nosso amor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s