Top cappuccino: 20 discos internacionais de 2017

2017 foi um ano em que a música (mais uma vez) foi a minha principal arma em busca de um ponto zero de consciência emocional. Não foi um ano difícil e nem estranho Mas, ainda falta.

Eis abaixo a minha lista pessoal para os melhores discos de 2017. Enjoy it!

#20 Utopia – Björk

UTOPIA

Utopia é um disco difícil de ser entendido e aceito. E, pela sua dificuldade de compreensão (ou talvez do ouvinte), eu o considero como um dos discos mais arriscados do ano.

#19 Sacred Hearts Club – Foster the People

Sacred Hearts Club

Foster the People apareceu esse ano com o Sacred Hearts Club. Um disco cute e solar.

#18 Aromanticism – Moses Sumney

Aromanticism

Fechar uma lista de melhores álbuns de 2017 sem Aromanticism seria uma tremenda injustiça. Um disco que nos remete ao incrível Frank Ocean com seu Orange Channel.

#17 No Shape – Perfurme Genius

No Shape

No Shape é um disco pop que se encontra em melancolias e fragilidades emocionais envolventes.

#16 Wonderful Wonderful – The Killers

Wonderful Wonderful

Wonderful Wonderful mostra novos tons da banda The Killers. Temos ótimas canções como Some Kind Of Love.

#15 Poor David’s Almanack – David Rawlings

Poor David_s Almanack

Para os amantes de música folk, Poor David’s Almanack é um dos melhores discos de 2017.

#14 Sleep Well Beast – The National

Sleep Well Beast

Sleep Well Beast é para ouvir do início ao fim. Um dos discos que fizeram a diferença em 2017.

#13 Turn Out The Lights – Julien Baker

Turn Out The Lights

Turn Out The Lights é uma mistura de Florence e Lana Del Rey, sem perder a sua autenticidade. É, para mim, um dos grandes representantes da música indie.

#12 Masseduction – St. Vincent

Masseduction

Masseduction é sensual, dançante e encantador.

#11 Pleasure – Feist
20 Pleasure

Embora não seja tão bom quanto o fantástico The Reminder, Pleasure é um disco coerente e ótimo para dias aleatórios.

#10 Freedom Child – The Script

Freedom Child

Freedom Child é um disco noturno e muito bem enquadrado no estilo da banda.

#09 Something To Tell You – HAIM

Something To Tell You

Something To Tell You é um dos discos alternativos mais cool de 2017.

#08 Songs Of Experience – U2

Songs Of Experience

U2 nos mostrou com Songs Of Experience que eles ainda continuam sendo uma banda relevante e que eles tem muito o que nos mostrar.

#07 Everything Now – Arcade Fire

Everything Now

Everything Now é um disco vibrante, feito para mesclar todas as suas emoções de uma única só vez.

#06 As You Were – Liam Gallagher

As You Were

Liam Gallagher nos trouxe um ótimo trabalho solo. É um disco que você não pode deixar de ouvir.

#05 Beautiful Trauma – P!nk

Beautiful Trauma

Beautiful Trauma é um disco sobre o amor, essencialmente sobre possibilidades. P!nk não decepcionou nesse disco.

#04 ÷ – Ed Sheeran

÷

÷ é romântico, pop e irresistível.

#03 Melodrama – Lorde

Melodrama

David Bowie estava certo quando disse que Lorde seria o futuro da música. Melodrama é, para mim, a trilha sonora perfeita para 2017.

#02 Damn – Kendrick Lamar

Damn

Damm é potente do início ao fim. Um disco para ficar na história.

#01 American Teen – Khalid

American Teen

Khalid fez um dos melhores debut de 2017. Desde Frank Ocean com o seu Orange Channel não ouvi algo tão genuíno e atraente como American Teen.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s